Meu Querido Diário

07/11/2016 • Carla Sugere, Ciência

O Diário de Gratidão é um dos exercícios mais conhecidos da Psicologia Positiva. Por 21 dias, pede-se que o indivíduo registre 3 acontecimentos felizes a cada 24 horas. Simples e efetivo, ela auxilia o processo de ampliação da percepção. Na prática, implica em fazer o cérebro funcionar como um escâner positivo. Sugiro sempre que se mantenha um caderno na mesa de cabeceira e que a atividade seja feita antes de dormir.

Contudo, não é apenas esse diário que contribui para o bem-estar. Cientistas da Universidade da Califórnia liderados pelo Dr. Matthew Lieberman, cunharam o termo “Bridget Jones Effect”, ou Efeito Bridget Jones, para explicar como escrever sobre a vida pode fazer-nos mais felizes. Através de exames cerebrais em voluntários, eles atestaram que a prática do diário pessoal influencia a atividade de uma parte do cérebro chamada amígdala – responsável pela modulação das emoções.

Outro dia me deparei com uma série de diários chamada Q&A a Day, que traz uma pergunta a ser respondida por dia. O interessante é que há versões para 3 e 5 anos. Ou seja: responde-se a mesma questão, no mesmo dia, em anos sequenciais. Trata-se de uma boa oportunidade para refletir sobre o efeito do tempo nos aspectos existenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *