9 Estratégias para Turbinar sua Carreira, Segundo a Psicologia Positiva

20/11/2015 • Destaque, Psicologia Positiva

Foi lá na década de 1950 que a psicologia positiva começou a ganhar forma e um de seus precursores foi o psicólogo Abraham Maslow, aquele que criou a pirâmide das necessidades humanas. Maslow achava que tinha muita gente estudando as doenças, daí decidiu estudar a saúde. Essa ciência ensina que 50% da satisfação com a vida têm origem genética, 10% estão ligados ao ambiente e 40% dependem das decisões tomadas. Ou seja: boa parte do seu sucesso depende diretamente das suas escolhas. Para a psicologia positiva você é autor da sua própria história e não mero expectador ou vítima. Com forte senso de propósito e decisões conscientes a sua carreira tem maiores chances de decolar.

Saiba a diferença entre ter uma profissão e ser um profissional de sucesso

Para ter uma profissão, basta se qualificar formalmente. Com um diploma, você pode ingressar no mercado de trabalho ou, pelo menos, tentar. Mas, um, dois ou três certificados não são capazes de garantir uma carreira de sucesso.

As organizações buscam hoje profissionais positivos. Pessoas capazes de enxergar oportunidades em meio à crise, propor e executar soluções com os recursos disponíveis e, assim, colaborar efetivamente para que a empresa alcance um novo patamar.

Profissionais positivos tem uma comunicação positiva: não fazem fofoca, não alimentam a rádio-corredor, não justificam suas ações e não se lamentam. Em meio à crise, eles usam seu poder de comunicação para inspirar e mobilizar outras pessoas.

Foque nas empresas positivas

Empresas positivas têm características em comum. Elas prezam por um clima organizacional saudável; zelam para que o poder esteja concentrado em líderes com autoridade e não autoritários; reconhecem e premiam profissionais com performance superior.

Escolher a empresa errada para trabalhar pode comprometer a sua carreira em parte ou na integridade. Por isso, é fundamental conhecer antes as organizações para as quais você quer se candidatar. As empresas positivas se destacam nos diversos rankings divulgados anualmente.

Além de perpetuar e expandir seus negócios, empresas positivas reconhecem que pessoas felizes no trabalho apresentam maior engajamento e melhores resultados.

Aceite seu chefe e eleja um mentor

Muita gente passa a vida procurando o chefe perfeito e atribuindo aos chefes imperfeitos seu insucesso profissional. O ideal seria conciliar chefe e mentor em uma mesma pessoa, mas isso nem sempre é possível.

Gestor é aquele indivíduo que já está lá quando a gente chega e, por determinação da empresa, lidera o trabalho. Já o mentor é uma escolha pessoal e deve ser selecionado a partir de uma história de sucesso, que reúna conhecimento sólido e experiência.

O seu mentor é alguém com quem você tem afinidade e que está disposto a inspirá-lo, orientá-lo e a facilitar sua trajetória profissional. Ele ajuda a encurtar caminhos e a evoluir em meio à adversidade.

Conheça seus pontos fortes

Conhecer suas virtudes e suas forças é uma das bases da psicologia positiva. De acordo com essa ciência, são 6 as virtudes: Sabedoria, Coragem, Humanismo, Justiça, Temperança ou Equilíbrio e Transcendência. Abaixo delas, há 24 pontos fortes.

Através de um questionário online e gratuito, o VIA, você pode identificar seus pontos fortes. É mais fácil ser feliz no trabalho quando seus pontos fortes são compatíveis com os valores da empresa e você tem espaço e estímulo para fazer uso deles nas suas atividades.

Pesquisas mostram que uma das melhores formas de potencializar a felicidade é manter o foco nos pontos fortes ao invés das limitações. Essa é uma forma positiva de transitar pela vida.

Provoque a sorte

Pesquisadores, vez ou outra, se debruçam sobre o acaso, em especial, o acaso feliz ou aquilo que chamamos de sorte. Ocorre que, vista de perto, a sorte tem pré-requisitos. Em primeiro lugar, é preciso estar aberto às possibilidades – sem isso, elas passam despercebidas.

É fácil perceber uma segunda característica nos sortudos: atitude. Mas, não uma atitude qualquer. Ela é precedida por pensamento ágil e flexibilidade. Quem não está pronto para mudar de planos também não está pronto para se encontrar com a sorte.

Quer ser visitado pela sorte? Cuide bem de suas relações. O encontro com outras pessoas ainda é o melhor caminho para acasos felizes.

Por fim, vale saber que pessoas sem sorte costumam ser tensas. E essa tensão as impede de perceber o inesperado. Como resultado, elas desperdiçam oportunidades.

Para ter sorte, esteja preparado para desviar suas rotas, romper a rotina, não temer fracassos. A sorte sorri para quem experimenta novos caminhos.

Saiba qual é o papel da resiliência na felicidade do profissional?

Resiliência é um termo proveniente da física, bastante usado na engenharia. Quando o assunto é carreira, resiliência é a capacidade de recobrar o equilíbrio e as forças após uma situação de estresse ou fracasso. Ela costuma ser uma característica inata, contudo é possível desenvolvê-la.

Os obstáculos e as frustrações fazem parte da vida e vão acontecer no decorrer da carreira. Por isso, é necessário manter sólidos propósitos profissionais. Ter um mentor competente também faz a diferença na hora de enfrentar um insucesso.

Administrar o estresse mental e físico é outra medida essencial. E, acima de tudo: quanto mais cedo a gente aprende a ser flexível, mais rápido se dá a retomada do equilíbrio.

Exercite a gratidão profissional

O exercício da gratidão é capaz de oferecer benefícios físicos, emocionais e sociais. Dr. Robert Emmons, pesquisador e professor da Universidade da Califórnia, comprovou os efeitos positivos de sentir-se grato em diferentes estudos. Em um deles, verificou que o reconhecimento cotidiano de situações às quais somos gratos pode tornar-nos até 25% mais felizes.

A gratidão reduz ainda uma série de emoções tóxicas, como inveja, ressentimento e arrependimento.

E a propósito: reconhecer diariamente aspectos positivos é uma das ferramentas para que o cérebro passe a escanear a vida de maneira mais positiva. E isso funciona tanto no cenário pessoal quanto profissional.

Construa uma história positiva de carreira

Quando a gente começa a trabalhar não costuma se dar conta de que começou também a escrever uma história. E essa história mais adiante vai jogar a favor ou contra a nossa própria carreira.

O currículo é o sumário da história porque mostra as decisões que tomamos. A primeira dica para construir uma trajetória positiva é trabalhar para empresas alinhadas aos seus valores, pois as chances de uma permanência razoável no emprego serão maiores. Passar por várias empresas em pouco tempo e sem nenhum feito para contar reduz a empregabilidade.

Manter boas relações com ex-empregadores, gestores e colegas também é muito importante. Afinal, você pode deixar a empresa, mas permanece no mercado. Em tempos de tantas aquisições, fusões e mudanças, esses personagens podem novamente fazer parte da sua vida.

A relação entre dinheiro e bem-estar vale até certo ponto

É claro que o dinheiro traz felicidade. Mas, até certo ponto. Uma vez satisfeitas as necessidades gerais – como alimentação, moradia, segurança, saúde e conforto –, o dinheiro passa a contribuir muito pouco para o bem-estar.

Uma pesquisa recente realizada no Brasil mostrou que para 69% dos brasileiros de todas as classes sociais é mais importante ter tempo para a família que ganhar mais.

E o que dizer dos ganhadores da loteria? Existe uma pesquisa clássica, realizada nos Estados Unidos, que mostrou que um grupo de sortudos ganhadores na loteria e outro de paraplégicos experimentavam níveis de felicidade similares, passado um ano do fato que mudou suas vidas.

Preste bastante atenção na hora de tomar decisões em sua carreira: nem sempre ganhar mais será a garantia de uma vida melhor e mais feliz.

Artigo publicado no Brasil Post/The Huffington Post
Imagem: Roaylty Free

Tags: , , , , ,

One Response to 9 Estratégias para Turbinar sua Carreira, Segundo a Psicologia Positiva

  1. felipe disse:

    Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *