Gaza, a Hora do Banho

29/07/2016 • Destaque, Psicologia Positiva

Salem Saoody, 30 anos, é o homem da foto. Está no que restou de sua casa, no bairro de Shaja’ia, Gaza, Palestina. Na banheira brincam sua filha Layan e sua sobrinha Shaymaa. É 26 de junho de 2015 e graças ao fotógrafo Emad Nassar este momento se eternizou.

É possível experimentar a felicidade em meio a circunstâncias extremas? A resposta é sim. A ciência já nos revelou que 50% de nossa relação com a felicidade têm caráter genético e 10% estão ligados a fatores externos. Ou seja: para essas parcelas não há muito o que fazer. Contudo, 40% dependem de nossos pensamentos, decisões e ações, mais precisamente da forma como escolhemos viver. E é exatamente quando o imponderável se apresenta diante de nossos olhos que nossa forma de ser no mundo é testada.

Ser feliz é muito mais que desejável. É possível. Mais que isso, é um direito humano. Que esta imagem nos encha de convicção e coragem.

A foto se chama “Gaza, a hora do banho” e deu a Emad Nassar o prêmio Sharjah.

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *